A correlação entre obesidade e problemas de saúde mental

As renomadas crenças sobre a obesidade é o que prejudica a saúde mental de muitas pessoas e isso também explica o porquê da depressão e a ansiedade terem uma taxa de ocorrência maior em pessoas com o Índice de Massa Corporal (IMC) elevado.

É notória a correlação entre a obesidade e os transtornos emocionais, um pode intensificar o outro se não tomar o devido cuidado e realizar um tratamento adequado.

O diagnóstico mais aprofundado quando se refere a saúde emocional e a obesidade, é a depressão. Compreenda quais os recursos por trás disso:

De que modo a obesidade coopera com a depressão?

Pessoas obesas expõem-se a certas restrições físicas e doenças crônicas, que afetam a qualidade de vida, além da discriminação que podem vir a ser vitimas, tudo isso amplia o risco de uma depressão.

De que modo a depressão coopera com a obesidade?

Certos sintomas da depressão estão ligados ao aumento de peso, visto que o desejo de comer, falta de energia e estímulo, são os principais sintomas, até mesmo porque muitas vezes não há prática de atividades físicas.

Portanto, é importante destacar que não é em todos os casos que as duas situações estão unidas. E outra! A depressão não deve ser imposta somente pelo peso em pessoas com obesidade.

Gostaria de agendar uma consulta on-line ou presencial? Clique aqui!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp